10 dezembro 2007

Cabo Sileiro e as pedras que o Veronique tanto gosta de fazer a "corta mato"

11 comentários:

garina do mar disse...

arranjaste um filtro verde?
a de baixo está muito bonita... com as brumas típicas da Galiza ;)

Laurus nobilis disse...

Brumas e mar fica sempre bem...

jc disse...

As duas etão muito bonitas!Parabens Eugénio.

Sailor Girl disse...

Assunto: I Grande Sorteio «Cultura Marítima» da Amizade Luso-Galega!...

Peço-vos que vão todos votar no questionário que colocámos na coluna da direita do Atlântico Azul e na coluna da esquerda da Singradura da Relinga!!!

Xenial, no??? OBRIGADA!!!...

João Manuel Rodrigues disse...

A "corta mato" ou a "corta mar", por acaso não é uma daquelas situações em que comunicas ao nosso "Skypper" que o NVVVeronique está em rota de colisão, ele diz que dá para passar porque a maré tá cheia e ficamos na expectativa.

João

Anónimo disse...

EL LOBO SILEIRO.

Anónimo disse...

Ao dobrar o Cabo Sileiro já se começa a salivar imaginando as fabulosas tapas do JAQUEVI ou o Arroz de Bogavante do Real Clube Náutico...
mas se há uma boia vermelha perto das Estelas é porque um veleiro bem Português (COBRA) já lá ficou estacionado num calhau. Teve que pagar umas quantas Pesetas ao Departamiento Ecologico pois morreram quatro mexilhões e três lapas.Morreram de susto!!!!
Até já ía um Gin Técnico no El Capitan.
Abraço
Zurk

joao veiga disse...

O Bolha é um 'bocas'.
Sempre dirigi o NVV Veronique com a maior das seguranças entre os Luebos do Sileiro, mão nas 'mudanças' e no 'guiador'.
Nunca quiz, como o Bolha, navegar entre as bancas da hortaliça no mercado do Bolhão.
Essa é que é essa.

Vasco Moscoso de Aragão disse...

Passei lá uma vez, era imediato do cargueiro Sirius e o Capitão estava com uma chiba dos diabos.
Confundiu os Lobos com um submarino da Nato.
Felizmente pasasva lá aquela hora a traineira "Mãe Purissima" que nos afastou dos escolhos.

Marieke disse...

ahahhhahah só bocas giras...bom natal para ti eugénio e companhia dá notícias...(não deixas Montemor nem um chisquinho?)

jc disse...

Eugéno, desejo-te um Feliz Natal na companhia das pessoas que amas.