23 julho 2007

Café da manhã

Como o Celta Morgana ainda não conseguiu que a EDP deferisse o pedido de baixada para alimentação da placa vitroceramica, teve que se instalar o campingaz no poço. Contingencias de quem quer navegar sem tudo instalado a bordo.

Algebra Ligeira

Frase do mês

- 56,58,38,37. . . Ah não... Começa então em 23.
- Será 58, 56, 54 menos 23..
(José Ângelo Gomes, raciocinando sobre os lugares de amarração em Portimão. Raciocínio lógico-dedutivo conforme o âmbito da cadeira de "ALGEBRA LIGEIRA" da Escola Náutica. )Não posso deixar de copiar a "Frase do Mês" do blog Celta Morgana que demosntra a influencia que a algebra pode ter na boa maneira de atracar uma embarcação.

A Restinguinha - Sines


Excelente este restaurante, pelo peixe, pelo cozinheiro, pela simpatia, pela sericaia feita pela ajudante do cozinheiro, pela vista, e pela paz, mais um restaurante para visitar.

18 julho 2007

Tasca do Celso - Milfontes (37 43 491 08 47 029)



Ok, de tasca não tem nada. Fui lá almoçar porque em todas as pesquisas na net me apontavam para lá como um bom lugar de degustação. Gostei do que comi (um bife à portuguesa bem "alhado" e avinagrado como a minha avó o fazia quando entravam bifes lá em casa), a minha mulher nem tanto, uma açorda de gambas que dizia que trazia poucas. Pudera, a minha açorda feita em casa leva um quilo de gambas para meio papo seco...., gostei do ambiente, e principalmente da sericaia que estava um assombro, um espanto, um luxo. Não bebemos vinho, mas a carta está bem recheada principalmente com Douro e Alentejo.
É de visitar mas cuidado com os preços da tasca.

07 julho 2007

O verdadeiro Estádio "Beira Mar"

Provávelmente o estádio mais ocidental de Portugal, e verdadeiramente o campo de Beira Mar. Proibido não acertar na baliza sob pena do jogo ser suspenso. Se a Quercus descobre que os passarinhos de quando em quando apanham com umas bolas nos ninhos.... ou as tentam chocar, o campo vai ser interditado.

02 julho 2007

"...Quando eu morrer voltarei para buscar / Os instantes que não vivi junto do mar..."

Pelo sim pelo não, vou gozando a vida e hei-de morrer pobre. Outros hão-de morrer ricos e só depois é que voltam para viver os instantes que não viveram....

Porto das Barcas.